Não é bonito, mas o carro a ar comprimido é verdade.


Você já imaginou um carro não poluênte, de baixo custo e que gastasse míseros R$ 4,00 a cada 200/300 km? Maravilha não? Pois ele existe. Da MDI, o carro a ar comprimido.
Tudo começa em 1991, quando Guy Nègre resolve criar um motor que trabalhasse com energia limpa. Négre já era famoso por trabalhar na construções de aviões e participar da formula1. Então, junto com outras caras inteligentes, em 1977 nasce o motor mono energia de ar comprimido.
Tudo bem, sejamos realistas, o carro não é tudo aquilo, tem só 25Cv e 3.500RPM. Mas o garoto é valente e consegue alcançar 130 Km/h. Melhor que um Fusca não?

O motor:

Direto do site deles, como o motor funciona. È bem simples a idéia:


O primeiro pistão (1) absorve e comprime o ar atmosférico. O ar move para a câmera esférica (2) onde o ar é injetado com alta pressão dos cilindros. A expansão da mistura ar atmosférico mais o ar comprimido move o pistão (3) de onde surge a energia do veiculo.

O carro:


Bem, a ideologia da impressa é criar um carro de baixo custo e de fácil manutenção. E è isso que eu acho mais legal. Seu preço será o mesmo de um carro popular, por volta de R$ 18.000,00 e sua manutenção, o mais simples o possível. Nada de peças caras e coisas do tipo. O óleo que vai no carro, por exemplo, é mineral, 0,8 Litros a cada 50 mil Km.
Para recarga, em um posto com um grande compressor, serão apenas 2 minutos a um custo de 3 ou 4 Reais. Dependendo do valor da energia elétrica local. Tudo bem, você pode estar pensando? E se eu não tiver um posto desse na minha região? Não criemos pânico. O carro vem com um pequeno compressor que recarrega o tanque em 2,5 horas. Pode parecer demorado, mais convenhamos, você deixa o carro carregando a noite - gastando pouca energia-, ou na sua casa da praia enquanto toma um banho de mar e quando vai usa-lo ele está pronto para rodar pelo menos 200 Km.
A impressa pretende lançar vários modelos, eles entres, carros "taxi", familiares e pequenas vans. Eles são até ambiciosos o bastante para pensar em seus motores movendo barcos e ônibus's. Quando essa belezinha começara a ser fabricada? Bem, na europa as fábricas já estão em construção. Quando prontas, produziram de 2.000 a 6.000 carros anuais cada. Não é muito, mais é tudo muito bem pensado, lucros e riscos calculados. Se tratando de Brasil, uma marca Portuguesa já comprou os direitos para construção em nosso território. È bom saber que alguém não se rendeu as grandes petrolíferas, o fato, é que o cara já tem muito dinheiro e isso deve ser um sonho dele. Não interessa se as donas do pretoleo oferecerem milhões ou mandarem uma ameça, quando se está lidando com o ideal de um homem, nada pode para-lo.
Ultimas considerações: O carro tem ar-condicionado embutido, como o ar sai do motor a temperaturas abaixo de zero e limpo, ele é reutilizado para refrigerar o ar dentro do automóvel. Ele tem computador de bordo, nada de marcadores analógicos e coisas do tipo, um sistema inteligente e simples monitora tudo que está acontecendo.
PS: A fábrica está finalizando um motor de 50 Cv.

3 comentários:

  Johnny M.

12:07 AM

As indústrias, as petrolíferas e os países produtores de petróleo dificilmente deixaria que isso fosse produzido em massa. Infelizmente.

  Didgio

1:00 AM

Realmente a demora na real implantação do projeto deve ter um motivo.
Em todo caso, tenho esperança que a coisa mude. Tem fila de espera para compra. Eu já me cadastrei!

  João

3:17 PM

Gostaria de conclamar toda comunidade científica mundial, sugerindo a concessão do Prêmio Nobel ao Brasileiro Capixaba ANTONIO PEDRO DARIVA, e o Francês GUY NÈGRE, pelo invento do motor, e carro a ar, respectivamente. JOÃO WANKA - BLUMENAU/SC-BRASIL.

Post"s Relacionados




Recomendamos