Sabe as estrelas que você vê no ceu? Elas podem não estar mais lá.

Estrela explosão


Já disse William Shakespeare "Há mais mistérios entre o céu e a terra, do que sonha nossa vã filosofia". Os noticiários vivem falando de descobertas dos astrônomos, "tal estrela nova foi descoberta", "Hubble captura foto de explosão espacial", porém muitos pessoas sequer conhecem alguns pequenos grandes detalhes interessantes.
As estrelas que você vê no céu a noite por exemplo, bonitas não? O detalhe é que provavelmente a maioria delas pode não estar lá. Eu explico.
Uma estrela não dura para sempre, elas também um dia morrem. Assim como o nosso sol, ele, daqui a alguns bilhões de anos vai engolir metade dos planetas do sistema solar e explodir. As estrelas ficam muito longe daqui e sua luz pode levar muito tempo para nos alcançar. A estrela mais próxima de nós depois do sol é a Próxima Centauri que fica a 40 trilhões de quilômetros daqui, sua luz demora 4,5 anos para chegar até aqui.
Ou seja, se ela simplesmente desaparecesse iríamos demorar 4,5 anos para perceber. Agora, se essa é a mais próxima, imagine as outras. Dezenas de milhares de anos pode ser um numero pequeno para descrever o tempo que a luz leva para emanar delas e chegar até aqui. Quando você vê o céu, você pode estar - e está - vendo uma imagem do passado. Os pontos brilhantes que estão lá podem não mais existir e os lugares que estão escuros, agora podem estar ocupados por uma penca de novas estrelas. Não há como saber.
Até o próprio "Sol", se ele apagasse, ainda demoraríamos 15 minutos para perceber. È esse o tempo que um raio de luz leva para sair dele e chegar até aqui. Velocidade da luz? 299 792 458 m/s. Distancia da Terra do Sol? 150 milhões de quilómetros.

0 comentários:

Post"s Relacionados




Recomendamos