Charles Darwin, Marylin Monroe,Isaac Newton, Napoleão e Moisés, todos gagos.

Napoleão Bonaparte
(Napoleão Posando pra foto)

Pois é, todas as pessoas acima eram gagas. Você pode se perguntar, mas como é que a Marylin interpretava então? Por que, tudo bem se napoleão gaguejasse ao comandar seus soldados ou se Moisés gaguejou ao cruzar o mar vermelho, mas para uma atriz esse detalhe é crucial.
A resposta está na forma que o cérebro processa as informações, tecnicamente falando:

O ser humano tem uma neurofisiologia que é adaptada para processar a fala em uma seqüência temporal. A gagueira afeta essa habilidade de fazer a sequencialização do som e da fala, ou seja, prejudica o processamento de segmentação temporal no cérebro.(Terra)


Quando um gago canta, na maioria das vezes ele não gagueja. Pois não é necessário nenhum pensamento, o ritmo já existe e a letra também. Podemos dizer que isso tudo já está pré processado e guardado na memória, o gago só interpreta.
Agora quando ele se auto expressa, quando isso envolve sentimento, linguagem e pensamentos, há um problema com o processamento e a gagueira acontece.
As pessoas costumam gaguejar mais quando estão ansiosas. O que significa que alguem pode falar normalmente em algumas circunstanciais e gaguejar em outras.
A certas controvérsias, mas ao que tudo indica, quando ficava nervoso, Moisés era gago. O mesmo acontecia com Aristóteles - o filosofo -, segundo Diógenes Laércio, historiador dos filósofos gregos, ele era um pouco gago.
Além disso, o primeiro-ministro britânico e grande orador Winston Churchill, era outro que tinha problemas com as falas. Charles Darwin foi quem criou a teoria da evolução das espécies e Isaac Newton foi um físico genial, para quem não conhece.
Quando se fala de brasileiros, Machado de Assis e Nelson Gonçalves, estes que aliás era cantor, podem ser lembrados.

Fontes:
Gualber
Terra
Ministério Apoio

6 comentários:

  Juca

11:53 PM

É sempre bom aprender detalhes que nem sempre são ensinados na escola. Muito bom.

Abraços, Didgio!

PS: Só para confirmar, seu banner já está lá na Lavanderia Virtual.

  Leo

1:39 PM

A gagueira é uma condição neurológica exacerbada pela ansiedade, mas não decorrente dela. Este vídeo da CNN explica (com legendas em português).

  Leo

1:54 PM

Na verdade, é o ritmo do falar musicado que inibe a gagueira e não exatamente o fato de o conteúdo da mensagem não ser "auto-expressão" da pessoa que gagueja. Se fosse assim, nenhum gago gaguejaria lendo um texto dos outros, porque nesse caso ele também não estaria se "auto-exprimindo", mas a gagueira frequentemente também se manifesta na leitura.

Quando uma pessoa que gagueja fala de forma ritmada, como um cantor de rap, por exemplo, colocando melodia e ritmo nas palavras, ela pode tranquilamente exprimir cantando, sem gaguejar, suas próprias idéias.

Portanto, não é o fato de expressar suas próprias idéias que faz a pessoa gaguejar, porque ela pode tranquilamente cantar de improviso, dizendo um pensamento dela, e ñ gaguejar uma só vez.

Nesse sentido, o que acontece com o gago é muito parecido com o que acontece com pessoas que têm mal de Parkinson (antigamente chamado de gagueira cinética), que também têm seus movimentos desbloqueados pela música, como mostra este vídeo: http://mojiti.com/kan/12158/35070.

  Didgio

8:31 PM

Obrigado pela contribuição pessoal,
Acho que agora ficou melhor explicado.

  Rubi

11:05 PM

Para quem não encontrou os vídeos sugeridos pelo Leo através dos dois links que ele forneceu, eles ainda podem ser encontrados na seção mídia desta página.

Post"s Relacionados




Recomendamos