O Pica-pau vai transformar meu irmão em um ciêntista


È engraçado como as crianças são moldadas de acordo com o mundo que as rodeia. Dizem que o caracter, os valores das pessoas se solidificam na infância, entre 1 e 7 anos de idade. Nessa faze, a meninada é como uma esponja, suga todo tipo de informação.
Outro dia eu vi, ao vivo e a cores, a prova viva da influência da mídia. Meu irmão gosta muito daqueles desenhos animados clássicos, pica-pau então, ele adora. Ele fica petrificado em frete da tv, do início a fim de cada episódio. Recentemente ganhou um relógio e agora sabe que horas passa o desenho, de manha e a noite.
O curioso, é que entre um episódio e outro, ele se inspirou nas armadilhas feitas para pegar o pica-pau pelo seus inimigos e resolveu fazer sua própria armadilha. Armado de um fio de um metro e dois carinhos, lá foi ele na janela. Eu passei pelo local e vi ele lá enrolando os fios:

-Sim, mais...? o que tu tá fazendo? - pedi pra ele.

- Eu to fazendo uma armadilha - me diz ele -, pra quando alguem passa e pisar, o carinho cair na cabeça. (ele é novo, seu português não é o mais correto).

Lá estavam dois carinhos, ambos amarrados, um sobre a calçada e outro pendurado na jenela. A coisa não estava funcionando muito bem, foi ai que eu fiquei surpreso, ele começou a analisar os problemas.

- Acho que o fio tem que ser um pouco mais curto - diss ele.

- Acho que vai demorar - ele olhou para o relógio -, acho que vou acabar ai pela 1:30 ou 2:00.

Depois que ele ganhou o relógio, ele começou a fazer um uso bem inteligente do tempo. O garoto tem 6 anos, mas é bem esperto. Era 12:30 aproximadamente, ele já havia notado o defeito do projeto e analisado as conseqüências. Poxa, meu irmão é esperto - pensei comigo mesmo.
Não fiquei acompanhando o restante do plano, mas eu peguei ele fazendo alguns teste. A princípio, parecia que a cobaia era eu, eu deveria passar e pisar. Como eu não cooperei muito, ele resolveu usar os cachorros que criamos aqui em casa. Eles também não quizeram cooperar, então ele usou a força bruta, arrastou um deles pelas duas patas para perto.
Bom, depois disso, se funcionou eu não sei. Se por algum acaso meu irmão um dia virar um gênio, vou lhe contar que foi tudo culpa de um desenho animado.

1 comentários:

  yogodoshi

5:10 PM

Hauheuaheuh muito bom o post!
E boa sorte pro seu irmão!

Post"s Relacionados




Recomendamos