Construindo telescópios na Lua com epóxi.


Depois dos fantástitos - e somente teóricos - planos para povoar a lua, com aquele blablablá todo de que há agua congela, que podem cultivar plantas hidropônicas e tirar ar não sei de onde, agora, para todos terem certezas que idéias mirabolantes não faltaram ao mundo, resolveram que vão criar telescópios na lua com carbono, epóxi e poeira lunar.

Cientistas da NASA descobriram uma nova forma de construir gigantescos telescópios na Lua, tão grandes que poderão "reduzir" os melhores telescópios terrestres a meras lunetas amadoras.

Supertelescópios lunares

A equipe do Dr. Peter Chen acredita que os espelhos para os supertelescópios lunares podem ser construídos com um pouco de carbono, epóxi e um monte de poeira lunar. (Inovação Tecnológica)



Quando falam em epoxi, eu lembro daquelas duas macinhas coloridas que algumas pessoas compram em kilos, misturam sem dó e depois saem tapando os buracos dos azulejos no banheiro.
Apesar da brincadeira, eu acho bem legal a idéia. Os caras lá da nasa, juntos de outros astrônomos ao redor do mundo já conseguiram realizar vários experimentos com sucesso.

Segundo um dos pesquisadores, na Lua será possível construir facilmente espelhos com 50 metros de diâmetro. O maior telescópio óptico da Terra hoje é o Gran Telescopio Canarias, com um espelho de 10,4 metros de diâmetro.

E não será apenas a dimensão que fará com que um telescópio lunar revolucione a astronomia. Sem atmosfera para absorver ou interferir com a luz das estrelas, esse gigantesco telescópio poderá captar o espectro de planetas extra-solares e até detectar moléculas como ozônio ou metano.(Inovação Tecnológica)


Dois vivas a ciência... hip-hip Hurra! hip-hip Hurra!

0 comentários:

Post"s Relacionados




Recomendamos