O homem é o lobo do homem

Pra começar este post, retorno ao titulo, “o homem é o lobo do homem”, esta frase, que posso simplesmente resumir como genial é de Thomas Hobbes, filósofo inglês. Podemos interpretar essa frase como uma verdade em nossa sociedade, não conseguimos viver sem prejudicar o próximo, o nosso “irmão” de espécie. Como meu amigo Didgio postou anteriormente, nós somos os culpados pelos crimes em nossa sociedade, mas antes de mais nada, pretendo fazer uma reflexão sobre o que é sociedade, e porque estou escrevendo isto a vós.


Penso que o motivo que me levou a refletir sobre isto hoje, foi ter lembrando de algo ocorrido a quase um ano... estava eu em casa, e um mendigo bate palmas na frente de minha casa, minha família mandou eu mandar ele embora, mas ao olhar o estado dele numa noite de quinta feira fria e escura, e a ouvir da voz tremula daquele ser humano (sim eles são humanos apesar de muitos não os tratarem assim) ao pedir comida, eu com um colapso de piedade, e remorso (já vou explicar porque), eu fui até a cozinha, procurando por comida quente, e nada, acabei dando um pacote de bolacha recheada, entreguei a ele e após isso ele me pediu uma xícara de café, e eu pensei o frio q um homem destes devia estar passando, numa noite fria de inverno.. e dei a ele, e nunca em minha vida vou esquecer o que ele me disse "muito obrigado meu jovem, você matou minha fome, muito obrigado, que Deus te abençoe". Bem este foi um fato que marcou a trajetória de minha vida, e lá fui a pensar, no que leva um ser humano a ser obrigado a vier assim... e ai que me veio a realidade, aquilo que chamamos de sociedade...

Em primeiro lugar, o que é sociedade humana? Na minha modesta opinião sociedade humana é uma utopia, algo mitológico, mágico, que jamais vai se realizar, pelo simples fatos de o "homem ser o lobo do homem", nunca vamos ter algo definido como sociedade, por que temos uma pré-disposição a sermos irracionais e fazer praticas anti-sociais como por exemplo invejamos o que o outro tem e queremos algo melhor, como por exemplo se seu vizinho compra um carro novo, você compra também pra mostrar pra ele que você pode, e ele compra outro pra mostrar que pode mais que você, e assim vai indo, e ao mesmo tempo ali na frente de sua casa perto de baixo daquele ponto de ônibus esta dormindo mais um injustiçado dessa sociedade, com sede, frio, fome talvez, mas ele deve ter comido o resto de seu jantar no seu lixeiro, aquele pedaço de hambúrguer que você julgou ser desnecessário, vai manter este ser humano de pé, ou quase isso por mais uma noite... Como você pode ver, agimos pensando em nós próprios e ignoramos que tem gente muito pior que nós, que ao invés de alimentarmos nossos egos com essas briguinhas, deveríamos é nos ajudar, olharmos para baixo e tentar trazer estes para cima e não subir mais e mais... isto seria uma real sociedade.

Como percebido, falei muitas vezes em morador de rua, enfatizando que são seres humanos, pois para muitas madames nessa nossa porca sociedade, prefere alimenta um cãozinho que está na rua com fome que dar comida a um ser humano que bate sua porta, ou então, passa ao lado de um cachorro abandonado na rua, e demonstra um gesto de carinho, já o homem dormindo na calçada você desvia dele, troca de lado na rua, da um jeito de se livrar de ver este "estorvo" este estorvo que eu, tu e ele somos os responsáveis, este estorvo é fruto, da nossa sociedade. Poxa, todos nós nascemos humanos, e morreremos humanos, por que uns pensam que podem ser melhor que os outros? Por que nos deixamos ser levados por essa sociedade extremamente capitalista? Certas atitudes eu não entendo... Por que o governo prefere dar bolsas de ajuda ao invés de ampliar empregos? Por que todo mundo age tão indiferente, se a resposta é tão fácil? Talvez porque simplesmente preferimos esquecer desses problemas...

O nosso excelentíssimo presidente da republica, o Lula prefere dar ajudinhas a estas pessoas, como bolsa família, ou bolsa alimentação, por que ele simplesmente não inclui ele no sistema, na sociedade? Por que não faz estes seres humanos trabalharem viver a sociedade em que vivemos... será que esqueceram de avisar a eles que existe esta sociedade? Acho que de um modo sim, afinal como alguém que passa sua vida no sertão do nordeste, sem estudos, pode entrar no sistema se ao se mudar pra uma cidade grande, tentando emprego pra fugir da miséria e pobreza de sua terra, acaba vivendo pior, e sem com quem contar na cidade grande acaba virando esses seres humanos que negligenciamos esse entulho na vida de muitos...

E para completar, lembram-se do homem que comentei no começo da conversa, aquele que eu ajudei meio que forçado e que me mudou a vida? Pensem, onde ele está. Como está aquele ser humano, que é como nós, antes de tudo, gente, e como isso, merece o mesmo que temos... Uma casa, comida, dignidade, é de mais para um ser humano desejar isso a outro? Pensem nisso, depois desse meu desabafo espero que pelo menos tenha transmitido a base de minha mensagem, e nunca se esqueçam... “o homem é o lobo do homem”.

6 comentários:

  Didgio

6:30 PM

É primo, se mostrando um bom filósofo.
Ou ao menos um grande pensador.

Concordo plenamente com você e com aquele genial filósofo.

  Elora

9:52 PM

É algum dia ele vai escrever um livro s continuar assim! :D

  Samira.

10:30 PM

Gostei muito do texto mesmo, tenho orgulho dessa família, este texto me alimentou a vontade de escrever algo do gênero.. talvez em breve.

  Didgio

10:44 PM

Entao que seja, que o neurônios seja um lugar de livres pensamentos!


^^

Por um mundo melhor!

hip-hip-hurra!

  Fabio Santos

9:20 PM

Nossa, que texto bem elaborado. Parabéns!

  to:cosmos

6:44 AM

Parabéns pelo blog e pelo texto, eu apenas não concordo com a referência ao presidente.
"...por que ele simplesmente não inclui ele no sistema, na sociedade?"
- Ora essa, porque ele não é o Mago de OZ.

A exclusão destes indivíduos da sociedade não é de resolução apenas presidencial, é como citado, conseqüência da sociedade e seus pilares: sistema(capitalista), poder legislativo, etc.
Se você quer uma solução utópica dessas, ja me parece que a sociedade deixa de ser um conceito mágico e inalcançavel devido a frase título.

Agora, como parece fácil assim, me diga como se faz para incluí-los na sociedade?

Post"s Relacionados




Recomendamos