Beiijin 2008, valuntários ocupam os lugares vazios.

Olimpíadas, se você acha que eu vou critica-la sem dó nem piedade, sem muita explicação e com base em informações que certamente não dão as caras na mídia, você está certo.
Já começou tudo errado. Colocam um país com um regime quase autoritário, envolto em situações no mínimo triste, como "sede e atualmente simbolo das Olimpiadas". Lindo, e como é linda a garota que dubla uma música cantada por outra garota que "era feia demais para aparecer", nem as palavras foram medidas. Então é assim? Um rosto bonito compensando qualquer talento. Idéia escrota. Que matem cada lider feio daquele país e que coloquem o Arnold Schwarzenegger no lugar. Essa é a cara dessa olimpíada mascarada.
Até que alguns comentaristas da Globo acabam soltando uma ou outro verdade durante o evento, mas como sempre, o Galvão interrompe, estragando alguma surpresa, "e lá vem a parte em que ele fazem tal coisa".
E os Brasileiros que estão por lá, torcendo? Vibrando? Na verdade não, alguns até vieram de volta com medo de atentados e coisas do tipo. Que Olimpíada é essa meu deus.
Os estádios estão vazios e pessoas estão sendo recrutadas para ocupar os lugares. Como é que uma olimpíada, que acontece de anos em anos, não consegue atrair espectadores? Devia ter gente se matando na fila para entrar. Devia ter chines pulando de sacada. Como seria em qualquer outro lugar do mundo. Mas não, é a china, terra da pólvora, da aquarela e da perfeição. Essa ultima conseguida a duras penas.

Quando organizações sérias, e até paizes inteiros resolvem boicotar uma olimpíada é por que tem algo de errado, não era simplesmente birra.

Fico triste, realmente triste. No momento em que o homem deixa de lado quem realmente é para querer impressionar outro homem, ele já não é nada.

0 comentários:

Post"s Relacionados




Recomendamos