Megalaser produzirá energia limpa.


Felizmente não sou só eu que prezo por formas de energia limpa, a EUROPA está investindo pesado em um programa para produzir energia em abundância por meio de fusão nuclear.

O projeto se chama Hiper - European High Power laser Energy Research facility.

Um programa para produzir energia em abundância por meio de fusão nuclear e sem poluir o ambiente, usando um jato de laser colossal do tamanho de um estádio de futebol, teve início na Europa. O laser extrairá a energia ao comprimir átomos de hidrogênio - um processo muito semelhante ao que ocorre no Sol.

Duas abordagens para fusão nuclear

A Europa já está investindo no projeto de fusão Iter, que busca atingir o mesmo objetivo, porém usando compressão magnética. O novo programa, batizado de Hiper (sigla em inglês de Pesquisa de Energia Laser de Alta Potência) , é visto como uma alternativa necessária e complementar ao primeiro projeto.

"Temos duas abordagens por causa do prêmio que está lá - energia de fusão é o Santo Graal das fontes de energia", diz o chefe do Hiper, Mike Dunne. "Esse processo oferece segurança no suprimento de energia porque o combustível vem da água do mar, oferece suprimentos abundantes, é limpo e seguro", acrescenta o pesquisador.

"Então, o prêmio é enorme, e acreditamos que precisamos de tantas abordagens quanto possíveis para tornar esse prêmio uma realidade."(I.T)


A fusão é baseada em uma idéia simples, complexo é criar o ambiente necessário para ela acontecer.

Um laser de alta potência comprimiria o hidrogênio para conseguir uma densidade 30 vezes maior do que a do chumbo. Um segundo laser aumentaria a temperatura do hidrogênio comprimido para acima de 100 mihões de graus Celsius.

Nessas condições, os núcleos do hidrogênio se fundiriam para formar hélio. Segundo a teoria, uma pequena quantidade de massa seria perdida e uma quantidade colossal de energia seria liberada. "Imagine o motor de um carro", descreve Dunne. "Primeiro, você injeta o combustível (hidrogênio) e, então, no motor do carro, um pistão vai comprimir o combustível(I.T)


Ao que parece o projeto já começou a andar, já foram assinados os papéis que liberam 13 milhões de euros em dinheiro vivo e outros 50 milhões foram prometidos em forma de assistência de materiais.
A construção da obra monumental está prevista 2010, no mais tardar 2012. No site do projeto - aqui - você pode ter mais detalhes técnicos e saber todas as engenhocas que parte dos normais não conseguiria entender.

0 comentários:

Post"s Relacionados




Recomendamos