Tinta autolimpante.


Uma nova tinta autolimpante feita a base de nanopartículas de dióxido de titânio promete revolucionar um pouco as coisas.
Os pesquisadores do Instituto de Tecnologia Industrial de Cingapura foram os responsáveis pela criação e esperam comercializa-la em breve. O alvo? Grande edifícios, os mesmos que gastam muito dinheiro todos os anos com pinturas e lavagens para manter a fachada em ordem.

Tudo isso graças a uma nova propriedade do material:

Quando exposto à luz ultravioleta, que está presente na luz do Sol, o novo material fotocatalítico usa sua propriedade oxidativa para decompor as substâncias orgânicas - inclusive micróbios - que tenham se acumulado sobre sua superfície.

O material, feito à base de nanopartículas de dióxido de titânio, tem adicionalmente uma propriedade hidrofílica, que força a água que entra em contato com a superfície a formar gotas e escorrer, levando junto as partículas de poeira e sujeira que se acumularam.


A nova tinta praticamente imita o que os vidros já conseguiam fazer. A meta não é eliminar totalmente a preocupação, mas minimizar a deterioração do material, havendo menos custo com a manutenção mais tarde.

Fonte? Inovação Tecnológica.

0 comentários:

Post"s Relacionados




Recomendamos